Prédio de 18 andares desabou parcialmente na noite desta quarta-feira no centro do Rio

Ainda não há informação sobre feridos e estações do metrô foram fechadas. Envie informações e comentários sobre o desabamento

Um prédio desabou parcialmente por volta das 20h30 desta quarta-feira (25) na Rua Treze de Maio, no centro do Rio de Janeiro. Localizado próximo ao Theatro Municipal, o edifício tinha 18 andares. Ainda não há confirmação sobre feridos. Envie nos comentários abaixo informações sobre o desabamento.

De acordo com testemunhas, no prédio funcionavam salas comerciais e, no térreo, havia uma agência bancária. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar estão no local para prestar socorro. O desabamento levantou uma espessa nuvem de poeira que cobriu diversos carros estacionados na região.

O operador de refrigeração Nelson Gomes, de 38 anos, estava no 10º andar do prédio com outras dez pessoas quando ouviu um forte barulho. "Desci as escadas correndo, desesperado. Quando saí do edifício, ele desabou. Escapei por um triz. Foi obra de Deus", disse.


Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, por causa do incidente, a Avenida Almirante Barroso, entre a Rua Senador Dantas e a Avenida Rio Branco, está interditada no dois sentidos. O mesmo acontece com a Rua Evaristo da Veiga. O desvio está sendo feito pela Rua do Passeio, sentido Lapa. Agentes da CET-Rio estão no local orientando os motoristas.

Por causa do desabamento, as estações do metrô Presidente Vargas, Uruguaiana, Carioca e Cinelândia foram fechadas. A Linha 1 do metrô está operando de Ipanema até a Glória. A Linha 2 funciona da Pavuna até a Central.

Tecnologia do Blogger.