Anvisa aprova novo tratamento para a psoríase

O novo fármaco da AbbVie é indicado para a doença em placas moderada a grave

A AbbVie, uma empresa biofarmacêutica global, a partir da investigação, anuncia que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou SKYRIZI® (risanquizumabe) para o tratamento da psoríase em placas moderada a grave em pacientes adultos candidatos à fototerapia ou tratamento sistêmico.

A dose recomendada de SKYRIZI® é de 150mg (seu uso requer prescrição médica), administrada por via subcutânea, com dose inicial nas semanas 0 e 4, e a manutenção a cada três meses (12 semanas). Em estudos clínicos, SKYRIZI® demonstrou que mais de 80% dos pacientes obtiveram resposta sustentada das lesões na pele, em 52 semanas de tratamento (período de seguimento dos estudos). A aprovação foi publicada no Diário Oficial da União em 27 de maio de 2019.

“SKYRIZI® oferece a possibilidade de altos índices de redução de lesões na pele com a segurança e a simplicidade de administração a cada três meses. Estamos muito felizes de poder oferecer aos pacientes do Brasil, uma nova e eficaz opção de tratamento que pode alterar o curso da doença, proporcionando a melhora dos sinais e sintomas da psoríase a longo prazo”, disse a diretora médica da AbbVie no Brasil, Karina Fontão.

“O tratamento da psoríase tem avançado consideravelmente na última década. No entanto, existem muitos pacientes que ainda não tiveram uma melhora significativa das lesões ou deixaram de responder aos tratamentos com o passar do tempo”, comenta o dermatologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, o Dr. Ricardo Romiti. “A aprovação de risanquizumabe marca um passo importante para ajudar os pacientes e profissionais de saúde a atingir e manter seus objetivos de tratamento”, concluiu.

Fonte: Guia da Farmácia

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.