Jefferson Portela acuado, diz saber de diversos crimes, mesmo assim não coibi.

Portela e seu chefe, o transloucado e obcecado defensor da bandidagem Flávio Dino.
Jeferson Portela acuado se mostra conivente com a criminalidade, ao afirmar em entrevista que vai falar tudo sobre supostos crimes. 

Ora bolas, se o homem que tem a missão de coibir a criminalidade, não o faz por quê? Ao agir assim, isso não seria outro crime? 

Já que o secretario diz que se for a Brasília vai falar tudo, é bom que o mesmo explique também sobre o suposto suicídio do jovem médico em Teresina, que até hoje a população maranhense não engoliu essa historia. 

Veja o que disse em entrevista, o homem que tinha a missão de coibir crimes e não o faz. 

“Eu terei todo o prazer de ir a Brasília falar sobre crimes aqui no estado do Maranhão, falar sobre agiotagem, crime organizado, contrabando. Pode começar a tremer a partir de agora, na hora em que eu sentar lá em Brasília a verdade vai voar pro país todinho e não tem negócio de fazer graça não". 

“A gente vai a Brasília dizer pro país coisas que estão escondidas aqui e esses gritos é porque tem gente aí de paletó e gravata botando gente pra trazer cigarro pra cá, envolvido com agiotagem, tirando onda de autoridade pública envolvida com o crime e estão se tremendo. O tremor se está ouvindo aí em vozes de ataque“, atacou.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.