Deputado Hildo Rocha enquadra senador defensor do comunista Flávio Dino



Na noite da ultima quarta-feira dia (11), o Deputado Federal Hildo Rocha (MDB/MA) divulgou uma nota a imprensa, onde o mesmo se defende, e faz um grave e triste relato de possíveis ameaças verbais e tentativas de agressão sofridas pelo parlamentar durante reunião da Bancada Federal do Maranhão.

Entenda o caso:

Tudo teve inicio, depois que o Deputado Federal Hildo Rocha teria mostrado para o senador Weverton Rocha e a bancada, uma cópia de uma denúncia da qual Flávio Dino teria feito contra o mesmo, durante uma entrevista a uma emissora de rádio, do Maranhão, devido o parlamentar que não concorda em mandar dinheiro para o governo do Estado porque iria virar "éter". 

O deputado cita o senador Weverton Rocha (PDT/MA), como o autor do grave atentado contra sua pessoa e elenca os motivos que teriam levado  Weverton a partir para o "vale tudo". Pacifico e democrata, Hildo Rocha mesmo sob ameaça de tomar um soco na cara, preferiu a defensiva e mais uma vez se esquivou dos ataques de ira e intolerância.

Nota do Blog Atual10:

Esse posicionamento querente e sensato do deputado Hildo Rocha, em temer que os recursos realmente virem “éter”, vai de encontro aos anseios da maioria da população, que não acredita uma vírgula no governo comunista Flávio Dino. Afinal de contas, Dino, em busca de tentar se viabilizar como pré-candidato a presidente, há muito tempo abandonou o estado à própria sorte. E o medo de todos, é que os recursos sendo enviados direto para o governo,  seja usados para bancar os caprichos políticos do comunista, que é tão sem noção, que não consegue perceber que a grande maioria da população não quer papo com políticos esquerdistas, e que defende bandidos de organização criminosa.

                                       NOTA DO DEPUTADO HILDO ROCHA


Atendendo convite do coordenador da bancada federal, deputado Juscelino Filho, participei de reunião hoje (11/03/2020), com a deputados e senadores. Tratamos sobre a eleição do novo coordenador da bancada e das indicações dos recursos de emendas impositivas de bancada. 

Mantive a minha posição de encaminhar a parte que cabe a mim, da emenda destinada à saúde, apenas aos municípios do Maranhão. O senador Weverton insistiu no sentido de que todos os parlamentares encaminhassem parte do recurso da saúde para o governo Flávio Dino. 

Entreguei para ele cópia de uma denúncia que Flávio Dino fez contra mim porque em entrevista a uma emissora de rádio, do Maranhão, afirmei que não concordava em mandar dinheiro para o governo do Estado porque iria virar éter. 

O senador Weverton disse que era solidário a mim, por causa da denúncia, mas insistiu que todos da bancada tinham que mandar para o governo estadual parte das emendas de cada parlamentar, inclusive eu.

Então, reafirmei que iria mandar para os municípios que me fizeram deputado federal e não para o governador Flávio Dino que fez de tudo para impedir a minha reeleição e citei o senador Weverton que também trabalhou para que eu não renovasse o meu mandato. 

Daí em diante o senador passou a me insultar, levantou partindo para cima de mim dizendo que ia me dar um murro e quebrar meus óculos na minha cara. Assim, para me defender joguei um copo nos pés dele para evitar o pior. 

Por diversas vezes o senador tentou partir em minha direção me xingando e tentando me bater ato que só não aconteceu porque outros deputados impediram ele de me esmurrar. ESSA É A VERDADE.

HILDO ROCHA

Deputado Federal (MDB/MA)

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.