Governador Flávio Dino mente e realiza na “calada da noite” desmonte do Hospital de Campanha de Açailândia


A mineradora Vale reage e exige o retorno imediato dos equipamentos que foram doados (TAC) para a prefeitura, para realização de um inventário.

Mesmo tomando conhecimento do número de mortos no início do mês de outubro – foram 11 mortes em apenas 10 dias – e após afirmar em entrevista a Rádio Marconi Fm de Açailândia, que mandaria uma equipe técnica na terça-feira, dia 13, para avaliar a situação e, se fosse necessário determinaria a permanência do Hospital de Campanha pelo período necessário, descaradamente o governador mentiu - e na “calada da noite” demitiu todos os funcionários e um caminhão seguiu rumo ignorado lotado pelos equipamentos do Hospital que salvou um grande número de vidas na cidade de Açailândia.

A coisa é tão estranha que chefe do almoxarifado do hospital de campanha, foi chamado as pressas para abrir os compartimentos para retirada dos equipamentos.

O Blog tomou conhecimento que cidades aonde tem aliados do governador, os Hospitais de campanhas também foram desativados, no entanto, todos os equipamentos foram utilizados para a instalação de uma Policlínica que já estão em funcionamento.

Perguntas que não podem calar!!!

A quem interessa a desativação desse importante instrumento para o combate ao Coronavírus?

Que destino será tomado paras os equipamentos que foram desinstalados na “calada da noite”?

Qual argumento técnico o governador Flávio Dino está utilizando para essa tomada de decisão estapafúrdia?

A quem diga que a decisão do governador é política e não técnica, pois estamos em pleno processo eleitoral.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.