Presidente Jair Bolsonaro visita Açailândia, que já foi o segundo município mais rico do Maranhão. Ramal Ferroviário ligando Açailândia / Barcarena seria importante para alavancar o desenvolvimento.


A população de Açailândia bem que merece uma atenção especial por parte do presidente Jair Bolsonaro, digo isso, pelo fato do município jamais ter se curvado as investidas mesquinhas e rasteira do atual governador do estado.

O chefe do palácio do planalto irá visitar na próxima sexta-feira (21), um dos três únicos municípios do falido Maranhão, onde o atual presidente saiu vitorioso na última eleição presidencial, que foram Açailândia, São Pedro dos Crentes, e Imperatriz.

Em Açailândia, no primeiro turno, Jair Bolsonaro obteve 47.12% dos votos contra 37.37% do candidato poste Fernando Haddad, que na ocasião era apoiado pelo ladrão de 9 dedos, e pelo comunista Flávio Dino.

Já no segundo torno, Jair Bolsonaro obteve 51.52% dos votos, contra 48.48% dos votos dados ao candidato poste Fernando Haddad, apoiado pelo ladrão de 9 dedos Lula, e pelo comunista Flávio Dino.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), entre 2003 e 2004, o município de Açailândia chegou a ser o segundo município mais rico do estado, perdendo para a capital São Luís.

Desde então, muita coisa mudou, a economia encolheu, postos de trabalhos foram fechados, falta de atenção por parte do governo do estado, o polo siderúrgico entrou em ruinas com o fechamento de empresas do setor.

E para piorar ainda mais a situação, a corrupção sistêmica nas administrações que passaram pela prefeitura, além implantação da usina de celulose da Suzano em Imperatriz, terminou por dar o tiro de misericórdia na economia local.

Nesse momento, onde parte da população já perdeu as esperanças, onde muitos inclusive foram embora em busca de novas oportunidades, outros até se suicidaram, seria bom que o presidente Jair Bolsonaro em reconhecimento a vitória dada pela população, o governo criasse mecanismo para atrair industrias para desenvolver o polo siderúrgico de Açailândia.

Outro sonho de todos, seria a implantação do ramal Ferroviário entre Açailândia e Barcarena-PA. Essa extensão, passaria por onze municípios nos estados do Maranhão e Pará, onde vivem 793.762 habitantes (Censo IBGE/2010).

O projeto foi idealizado com o propósito de ampliar e integrar o sistema ferroviário nacional e estabelecer sua interligação com o Complexo Portuário de Vila do Conde, localizado em posição estratégica em relação aos portos da Europa e da costa leste da América do Norte.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.