Depois de trair seus eleitores e sua própria Igreja, senadorazinha a serviço de Flávio Dino passa quase despercebida na CPI do Circo


Uma senadaorazinha do Maranhão a serviço do governador Flávio Dino no Congresso Nacional quase passa despercebida perante sua atuação como membra da CPI do circo, CPI do Renan Calheiro.  A tal senadora, para enganar seus eleitores se dizia uma serva de Deus, e ao ser eleita, traiu a própria igreja e passou a defender apenas o posicionamento e os interesses pessoais do principal financiador de sua campanha que foi Dino. 

E tão tal, que a escolha da mesma como membra da CPI do circo deve ter sido uma imposição de Flavio Dino, que junto com toda esquerda e a imprensa bandida, tenta de tudo para derrubar ou desestabilizar o governo democraticamente eleito Jair Bolsonaro. Aliás Dino e sua turma até hoje não reconhece a derrota nas urnas, e sonha a todo momento com a volta do ladrão de 09 dedos, ou seja, o chefão da Organização Criminosa (ORCRIM) ao poder. 

Essa CPI não tem nenhuma credibilidade, e foi criada apenas para tentar criar palanque eleitoral e desestabilizar o presidente Jair Bolsonaro e sua família. Basta ver que quando se fala em investigar a roubalheira dos recursos para tratamento de Covid-19 que supostamente foram desviados por governadores e prefeitos, Aziz, Randolfe, e o picareta Renan Calheiros não quer nem ouvi falar. 

 


Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.