‘Doleiro dos doleiros’ fecha acordo de delação premiada e PT entra em pânico

Dario Messer, o “doleiro dos doleiros”, também chamado de “doleiro do PT”, está fechando um acordo com o MPF.

Segundo O Globo, sua mulher e seus filhos “já estão com suas delações assinadas e homologadas com a Justiça”.

Messer teria aberto cerca de três mil offshores em 52 países que eram operadas através do banco Evergreen, controlado pelo doleiro, localizado no paraíso fiscal de Antígua.

Afamado “doleiro dos doleiros”, Dario Messer, foragido desde a metade de 2018 quando a PF deflagrou a “Operação Câmbio, Desligo”, desdobramento da “Lava-Jato”, acertou com o MPF delação premiada que incluirá até membros de sua família (esposa, filhos e genro).

O acordo obriga, também, pagamento de R$ 440 milhões aos cofres da União (somados todos os réus).

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.