Ditador do Maranhão ataca 6 mil comerciantes que adquiriram maquininhas no CPF

Com Flávio Dino não tem choro nem vela, é só aumento de imposto para sustentar os camaradas. Enquanto isso, empresários estão quebrados, e as pessoas indo embora para outros estados em busca de sobrevivência.

Terminais de cartão de crédito e débito deveriam ter sido registrados no CNPJ. Sefaz diz que comerciantes queriam ocultar do Estado vendas no valor de R$ 120 milhões anualmente..

O governo Flávio Dino, do PCdoB, vai intimar aproximadamente 6 mil comerciantes que adquiriram, por meio de registro no CPF (Cadastro de Pessoa Física), maquininhas de cartão de crédito e débito, como as famosas amarelinhas.

Segundo a Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda), as aquisições desse tipo são consideradas irregulares, pois deveriam ter sido feitas e registradas no CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), não em nome de pessoa de pessoa física. A pasta diz que o objetivo dos comerciantes com o procedimento foi omitir do Estado vendas por meio das maquininhas no valor de R$ 120 milhões anualmente.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.