Obras de hospital e urbanização da avenida principal atrasadas, prejuízos aos comerciantes. O povo "comendo" poeira, é o preço que Cidelândia paga pela eleição de keké Teixeira.

 

Ildon Marques entre os irmãos Teixeira - Foto: reprodução/Internet

O eleitor cidelandense já sabe que está saindo do seu bolso o valor dessa conta, mas o que ele ainda não sabe precisar é a alta quantia que será subtraída dos cofres da Prefeitura até a data da eleição.

De antemão, também sabe que só as custas dessa pré-campanha tem resultado no atraso da execução das obras do Hospital Municipal e da Avenida Principal, que estão a passos de tartaruga prejudicando tanto a saúde da população como diretamente o comércio local, que meio a poeira e ao difícil acesso aos seus estabelecimentos, vê seus clientes migrarem para outros centros dada a demora que já extrapolou o prazo de entrega.

Em troca de apoio em outros municípios, a pré-campanha de Kekê Teixeira a deputado estadual tira empregos de cidadãos cidelandenses. Só o ex-prefeito Adão Carneiro (Brejão) garantiu empregos na Saúde e na Educação para seus aliados, enquanto outros ex-prefeitos ou "lideranças políticas" da região, recebem algum tipo de vantagem.

E aumenta o número de líderes regionais que declaram apoio a Kekê numa custura política feita pelo irmão Fernando Teixeira, que não vê limites financeiros, mesmo causando prejuízos ao erário, para tentar alavancar uma campanha que encontra muita rejeição em Cidelândia - cidade onde até agora, por estratégia eleitoral, não houve o lançamento da pré-candidatura.

Fonte: canal10brasi


Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.