Advogado dos maiores ladrões do Brasil comemora antecipadamente a votação do supremo que opera a serviço do crime


As informações são do Antagonista, veja AQUI. Com dezenas de clientes na Operação Lava Jato, incluindo o ex-presidente José Sarney, o ex-ministro Edson Lobão e o ex-senador Romero Jucá, o criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, comemorou no plenário o voto da ministra Rosa Weber, contrário à prisão em segunda instância, informa Mateus Coutinho na Crusoé.

“Acho que agora levamos essa”, comentou o advogado, que foi autor de uma das Ações Declaratórias de Constitucionalidade que questionam a prisão em segunda instância e estão sendo julgadas pelo STF.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.