Maranhão tem projeto apoiado pela 5ª edição do Edital da Fundação Cargill

Instituição tem como foco a promoção da alimentação segura, sustentável e acessível e auxilia projetos alinhados a este propósito em todo o país

O projeto Agricultura Nutritiva: Biofortificação de variedades de feijão caupi na melhoria da qualidade alimentar, desenvolvido pela Universidade Estadual do Maranhão - Campos Balsas, foi selecionado para receber mentoria e apoio financeiro da 5ª edição do edital da Fundação Cargill. A iniciativa tem como foco a promoção da alimentação segura, sustentável e acessível e auxilia projetos alinhados a este propósito e que estejam dentro de um raio de 150 km do entorno das unidades e escritórios da Cargill.

Sendo parte da cultura regional de Balsas, o feijão caupi é adepto ao estresse hídrico, porém o sistema produtivo é deficiente. Dessa forma, a equipe responsável pelo projeto levará para a região, por meio do programa de alimentação escolar (PNAE), o uso de sementes biofortificadas, enriquecidas com bactérias fixadoras de nitrogênio (FBN) para melhorar a qualidade alimentar e a renda do agricultor familiar.

"Sabemos que toda pesquisa exige custos e a oportunidade que a Fundação Cargill ofereceu em fomentar uma pesquisa voltada para a agricultura sustentável irá beneficiar e contribuir para uma maior sustentabilidade social, econômica e ambiental. O projeto irá fortalecer o processo produtivo do feijão caupi, além de estimular o plantio de variedades com maior teor de vitaminas e minerais. Além disso, a comercialização dessa produção será destinada para o programa de alimentação escolar (PNAE), o que melhora a qualidade nutricional para seus consumidores e também garante a venda da produção dos agricultores familiares", afirma Antônia Alice Costa Rodrigues, representante do projeto.

Nesse ano, foram selecionados 20 projetos para receber de R$ 50 mil à R$ 200 mil para a realização de suas iniciativas - sete projetos a mais que no edital anterior. Todas as propostas recebidas foram avaliadas quanto ao alinhamento e coerência com a própria organização e a missão da Fundação Cargill; à consistência do planejamento e gestão; ao impacto e à relevância frente ao contexto local em que se pretende atuar; ao potencial de escala e a consequente transformação social; e aos fatores que assegurem a continuidade da iniciativa. Além disso, nesse ano, o edital contou com a inclusão de startups atuantes há pelo menos um ano e instituições de ensino e pesquisa públicas ou privadas com, no mínimo, três anos de existência.

Sobre a Fundação Cargill

Desde 1973 a Fundação Cargill tem sido um agente transformador nas comunidades e causas em que atua. Seu foco de atuação está voltado à promoção da alimentação segura, sustentável e acessível. Em 2019, a Fundação Cargill beneficiou 79.411 pessoas, com desenvolvimento e apoio de 31 projetos em 70 municípios, além de fomentar a atuação de 63 comitês de voluntariado corporativo e seus 1.392 voluntários. Mais informações: www.alimentacaoemfoco.org.br.

Sobre a Cargill

Os 160 mil funcionários em 70 países trabalham para atingir o propósito de nutrir o mundo de maneira segura, responsável e sustentável. Todos os dias, conectamos agricultores com mercados, clientes com ingredientes e pessoas e animais com os alimentos que precisam para prosperar. Unimos 154 anos de experiência com novas tecnologias e insights para sermos um parceiro confiável aos clientes dos setores de alimentos, agricultura, financeiro e industrial em mais de 125 países. Lado a lado, estamos construindo um futuro mais forte e sustentável para a agricultura. No Brasil desde 1965, somos uma das maiores indústrias de alimentos do País. Com sede em São Paulo (SP), estamos presentes em 17 Estados brasileiros por meio de unidades industriais e escritórios em 147 municípios e 11 mil funcionários. Para mais informações, visite http://www.cargill.com e a central de notícias .

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.