Deputado Wellington alerta para 3º aumento no preço médio da gasolina causado por Flávio Dino em menos de 45 dias

O deputado estadual Wellington do Curso utilizou as redes sociais para solicitar a convocação do Secretário de Fazenda para que explique as razões de sucessivos aumentos no preço dos combustíveis no Maranhão. O ponto alto do posicionamento do deputado Wellington está embasado no Ato COTEPE/PMPF nº 21, que reajusta o preço médio ponderado ao consumidor final no Maranhão. O reajuste incidirá a partir do dia 16 de junho.

Ao explanar os dados, o deputado Wellington mostrou que, em menos de 45 dias, o preço dos combustíveis no Maranhão foi reajustado 03 vezes, causando um aumento de R$ 0, 65 por litro de gasolina no estado.

“Infelizmente, o governador dos impostos ataca mais uma vez. Dessa vez, usa do preço médio ponderado ao consumidor final para aumentar os valores arrecadados. Não aumentou o imposto, mas aumentou, mais uma vez, o preço médio de referência. Em menos de 02 meses, esse já é o 3º aumento causado por Flávio Dino. No final de abril, o preço médio da gasolina era de R$ 4,86; agora, em junho, o preço passará a ser de R$ 5, 51.

 No primeiro trimestre de 2021, o Maranhão chegou ao recorde de 438 mil maranhenses desempregados. É exatamente nesse cenário que Flávio Dino reajusta, mais uma vez, o preço médio de referência. Levaremos essa pauta para a CPI dos Combustíveis. Com esses aumentos, só quem sofre é a população. Sigo na luta para reduzir a alíquota do ICMS e, assim, diminuir o preço dos combustíveis no Maranhão”, afirmou o deputado Wellington.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.