Alumar participa da XVI Semana do Orgulho LGBT O consórcio apresenta o seu programa de valorização da diversidade

“Empregabilidade LGBT+ no Maranhão: diálogo entre movimentos sociais, iniciativa pública e privada” foi o tema da mesa de debates realizada, ontem 16/10, pela programação da XVI Semana do Orgulho LGBT+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), na Fundação da Memória Republicana Brasileira. O encontro idealizado pela organização não governamental maranhense Gayvotas contou com a presença do analista da controladoria, Eder Castro, líder da rede Eagle na Alumar, iniciativa de valorização da diversidade Alcoa, lançado no Brasil em 2017.

Para Eder Castro que, também, é gerente de Contas a Pagar da TODXS, startup brasileira que promove a inclusão LGBT+ “é importante mostrar a existência de empresas inclusivas, embora a realidade se apresente com enormes desafios”, afirma. Ele lembra que a Alumar, desde a entrada da fábrica, tem em seus prédios placas indicando que o consórcio é um ambiente inclusivo. “Reconhecer diferenças de opinião, estilos e ideias com respeito é um direito e dever de todos que se entendem em uma sociedade justa e igualitária”. Participaram da mesa de debates a psicóloga, Karen Rubem, a youtuber Júlia Rodrigues e o consultor de RH, Edu Mota.

Sobre a Alumar
O Consórcio de Alumínio do Maranhão (Alumar) é um dos maiores complexos industriais de produção de alumina do mundo. Inaugurado em julho de 1984, é formado pelas empresas Alcoa, Rio Tinto e South32 e desempenha um papel importante no Maranhão. Cerca de 90% de seus colaboradores são maranhenses, além das centenas de fornecedores locais.

O sistema de gestão da Alumar é integrado e engloba gestões de qualidade, saúde, segurança, meio ambiente e social estabelecido com base nas normas NBR ISO 9001, NBR 14001, OHSAS 18001.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.